Sonhos de uma tarde de verão

Hoje, vou contar alguns sonhos. Sabe o que eu quero?

Viajar a um lugar tão exótico que a rotina e os deveres da vida desapareçam da memória. Nele, vou estar atenta às minhas próprias necessidades, sem cuidar da casa, da família, do trabalho, pois, neste sonho, tudo está em perfeita sintonia.

Vou dar uma festa, reunir pessoas queridas que saibam rir e contar piadas, que conheçam a arte da sutileza e que saibam quando é hora de partir. Serviço impecável, comida gostosa. Zero esforço!

Vou dançar a noite toda com música, luzes e espaço perfeitos, no ambiente ideal para deixar o corpo se expressar. E então, às 6 da manhã, tomar um breakfast no último andar de um hotel com vista panorâmica. Degustar pães, bolos, chocolate belga, vinho francês. Comer à vontade sem a remota preocupação de engordar!

Vou encontrar um momento para ler recostada em uma poltrona confortável, à sobra de uma grande árvore, ouvindo os sons da natureza. E do alto de uma montanha, observar a beleza de um vale imenso.

Então, de madrugada, vou caminhar de mãos dadas pela praia, molhando os pés e o vestido no mar, esperando os primeiros raios do sol, em clima de romance.

Por fim, vou descansar até não poder mais e brincar de ouvir o silêncio.

Autor: Marise Toschi

Professora e tradutora de Francês, instrutora de Being Energy. Buscadora, praticante de yoga, meditação, estudiosa de tarô e astrologia. Com +50, casada, um filho e uma cachorra mimada. Escrevo às quintas-feiras sobre espiritualidade, corpo e comportamento.

Um pensamento em “Sonhos de uma tarde de verão”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *