Paetês no dia a dia

No final do ano passado me dei conta que paetês poderiam se encaixar perfeitamente no meu estilo! A partir daí, saí buscando em lojas e sites – e, onde tivesse algo brilhando, eu ia lá ver. 

Aprendi o truque para usá-los no dia a dia: desconstrução. Use junto com calça jeans (rasgada, de preferência) e camiseta, tirando o ar de “festa” que é fácil atribuir a eles.

Olha esta inspiração:

Que graça essa senhorinha usando uma camiseta que diz “Too glam to give a damn“! E totalmente segurando o look desse casaco ultra brilhante: o conjunto ficou o máximo!

Ela é uma das modelos da Joulik e é uma pena que ela só apareça na home page… Eu gostaria de ver mais looks com ela!

No site em questão tem um filminho de 1 minuto (assista, vale a pena) que mostra várias pessoas usando paetês em situações completamente urbanas. E eles incluíram outra chiquérrima senhora de cabelos brancos (e fora do corpo-padrão, ainda bem!):

É muito legal ver que eles enxergaram que existem outras faixas etárias e outros corpos que não só os das modelos novas e magras. [E essas senhoras acima têm mais idade que os nossos 50′, e claro que servem de inspiração: se elas podem, o que dizer de nós, ainda tão jovens? 😅

Sei que é um lance de marketing colocar pessoas diferentes do padrão jovem-bonito-e-sarado. Mesmo se for marketing, desta vez acertaram em cheio! Precisamos nos sentir representadas em qualquer tipo de situação – e escolher justamente os difíceis paetês para isso foi uma sacada genial. Fiquei super inspirada por elas.

Depois de ver muitos looks da Sequinist (uma blogueira que é totalmente desencanada e está de paetês sempre) e as lindas modelos da terceira idade da Joulik, perdi o medo e estou usando direto os paetês durante o dia – até para ir à padaria, se bobear. 😆

Quer um exemplo concreto? Fui para Araxá – MG – numa viagem de três dias, somente levando uma malinha de bordo. E os casacos escolhidos foram um impermeável e uma bomber todinha de micro-paetês prateados. E me senti o máximo toda vez que a coloquei, rsrs.

Para quem quiser se arriscar nesse mundo brilhante, recomendo o Enjoei* para compras mais baratinhas e a Joulik para as de peso (e ela está com promoções agora).

PS: Cuidado com o Enjoei. Os preços são baixos, porém você se arrisca a receber uma blusa cheirando a mofo, outra com alguns paetês faltando, esse tipo de coisa. No final acabei usando somente uma das peças que vieram de lá.

  • Este post veio do meu blog Pílulas de Moda devido nossa querida Ana não ter podido escrever hoje.

Autor: Denise Ribeiro

Moda e livros são meus interesses atuais. Sou #fã de Nova York, Doctor Who, Queen, chocolate e boas séries. Com +50, sou casada e tenho dois filhos universitários. Escrevo todas as terças-feiras sobre moda - ou algo mais que tenha chamado minha atenção ;)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *