Camiseta com frase

Desde que a Dior desfilou em sua passarela uma camiseta branca com os dizeres “We should all be feminists” [Nós todos devemos ser feministas], a moda das camisetas com frases de empoderamento pegou como fogo em rastilho.

O estilista Prabal Gurung também aderiu, com frases políticas e feministas:

Que as peças acima estão super na moda e que estão sendo consideradas como extensão das redes sociais (é como se você usasse uma hashtag #), não há dúvidas.

Já as com palavras únicas como Merci, Ciao e Salute pouco comunicam, fazem só uma “gracinha” mesmo.

E aqui, no nosso universo +50, será que são usáveis? Vocês gostam?

Particularmente, tenho que acreditar muito numa causa para sair com sua mensagem na roupa. Das acima só usaria a da Dior: com sentença da escritora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie, é feminista sem ser agressiva, unifica homens e mulheres indistintamente.

E, a propósito, também uso a qualquer tempo camisetas do Doctor Who ou do Queen. Acho que o que a gente AMA tem todo o direito de sair conosco, orgulhosamente estampado no peito! Não é mesmo?

A jaqueta perfecto perfeita

Apesar de viver perseguindo um estilo rocker, por algum motivo (acomodação?) muitas das minhas roupas beiram o clássico. Adoro jaquetas, especialmente as de couro, porém as que estão no meu guarda-roupa têm corte blazer. Uma perfecto preta sempre foi um desejo inalcançável: nunca consegui uma com as ferragens do jeito que gosto, sem gola e sem que os ombros ficassem enormes e desproporcionais.

E eis que finalmente, num passeio descompromissado ao Shopping JK, encontrei a perfecto perfeita! Ferragens lindas, gola padre, tamanho de acordo, um forro lindíssimo (adoro detalhes!). A peça é da Animale (à venda também na Farfetch).

(Desconsidere essa gola de pelos HORRÍVEL – embaixo dela tem uma golinha de couro ideal).

Este post é só para lembrá-la que mesmo quando algo que você quer muito lhe pareça difícil, não dá para desanimar: existe a possibilidade real de um dia você encontrar o que é tudo que sempre quis, aquilo que vai falar diretamente com seu estilo.

E posso lhe dizer? Estou mega feliz com meu achado!!!


Doudoune – ou, Tudo igual

Gosto de moda, me inteiro das novidades via sites e blogs, visito lojas. Mas sabe que às vezes rola uma unanimidade em moda que dá canseira? Quer mais que os oxfords prateados? Quem ainda aguenta ver isso por todo lado?

A última tendência que está bombando é a dos casacos doudoune [/du.dun/]. São aquelas parkas acolchoadas, em gomos, que devem ser ótimas para o invernão.

Aqui em SP não faz tanto frio e, no entanto, este domingo no Shopping Vila Olímpia só dava esse casaco. Ou o colete no mesmo estilo. Cansei de ver. Será mesmo que faz sentido tanta gente usando a mesma coisa? Cadê individualidade?

Um pouco de moda a gente tem que seguir, afinal, ninguém quer parecer perdida no tempo. Os jeans estão mais curtos, ou mais largos? Bom saber. Só usar um tipo de jaqueta? Acho que não…

 

Jaqueta Joulik C&A

A segunda parceria C&A Collection Joulik chegou em lojas selecionadas da rede no dia 30 de maio. Achei tudo bonito no release mas não me animei a sair correndo atrás de roupas. Como as notícias eram que as peças iam acabar em dias, dei o caso como perdido. No entanto, entrei sexta-feira (dia 09) na C&A do Shopping Ibirapuera e muita coisa estava disponível!

Logo na frente da loja estavam as jaquetas jeans bordadas [R$350], a bomber de paetês prateados [R$500] e também a dourada [R$600], a calça legging [R$200] e a camiseta Mickey [R$150].

A jaqueta jeans está maravilhosa! Os bordados são em cores não óbvias e o resultado final ficou muito legal. Experimentei uma, balancei um pouco (“Será que não é muito jovem para mim?”) e por fim comprei-a. E AMEI usá-la.

As demais peças não me encantaram. As bombers prata e dourada eram muito brilhantes, davam uma sensação de serem peças de fantasia. A camiseta de Mickey também é chamativa demais ao vivo.

Em todo caso, já sabem: se quiserem algo ainda dá tempo. O site da C&A também está vendendo as peças da coleção, vale olhar.

Paetês

A Revista Estilo deste mês trouxe uma matéria grande sobre a volta dos anos 80 à moda, com muito brilho, paetês, lurex, etc. Nas fotos abaixo, um blazer inteirinho de paetês Reinaldo Lourenço [R$3.500]; uma jaqueta coloridíssima da Joulik [R$3 mil] e uma camiseta também de paetês Joulik [R$689].

Coincidentemente, acabei de comprar na Renner uma jaqueta de paetês prata velho e posso lhes falar: é maravilhosa! E o custo foi um décimo dos preços acima – R$300.

Detalhe da aplicação dos paetês:

Há outras peças a preços ótimos. Olha só:

Regata preta, com o verso também em paetês, com um complemento de tule plissado – R$90. Eu tiraria o tule e aproveitaria só a regata rhica! O preço está fantástico!!

Uma jaqueta da linha plus size, olha que legal! Cor linda, preço R$299.

Camiseta a R$40:

Dicas espertas para quem quer aproveitar o retorno dos brilhos sem gastar muito.